Fertilização in Vitro e Malformações Fetais

Estudo publicado nesse mês em importante revista do segmento (Fertility and Sterility) avaliou se o estímulo ovariano realizado com altas doses hormonais para o tratamento de FIV aumenta ou não o risco de alterações genéticas nos embriões.

No trabalho, dois grupos de pacientes foram avaliados. No primeiro, as mulheres receberam indução de ovulação e no outro grupo as pacientes não foram submetidas a essa indução.

Nos dois grupos os embriões foram biópsiados e confirmou-se que não houve diferença na taxa de erros genéticos ou malformações (aneuploidies).Essa é mais uma informação que atesta a segurança nesse tipo de tratamento.