COLPOCITOLOGIA ONCÓTICA OU EXAME DE PAPANICOLAOU

A colpocitologia oncótica ou exame de Papanicolaou consiste em um exame de rastreamento de câncer de colo de útero.

Em primeiro lugar, o que é rastreamento? Exames de rastreamento são exames que tem por objetivo identificar as pessoas com risco elevado para determinada doença. Esse tipo de exame deve ser barato, simples e causar pouco desconforto aos pacientes. A partir de um exame de rastreamento positivo, essa pessoa deverá realizar novos exames, geralmente de maior complexidade, para esclarecer o diagnóstico, podendo ser confirmado ou não.

O câncer de colo do útero é uma doença de evolução lenta. Ou seja, é uma doença que demora alguns anos para se desenvolver. Inicia-se em estágios pré-neoplasicos e apenas após anos de evolução tornam-se um câncer. Dessa forma, o objetivo do exame de Papanicolaou é identificar justamente as lesões no útero que se não tratadas ou acompanhadas adequadamente podem se transformar em câncer.

Todas as mulheres que já tiveram relação sexual devem realizar esse exame anualmente.

O exame é um pouco desagradável, uma vez que a mulher deverá ficar em posição ginecológica e o médico realizará uma pequena raspagem do colo do útero com uma espátula de madeira e com uma pequena escova. O material raspado é colocado em uma lâmina de vidro e encaminhado ao laboratório.

É freqüente mulheres que realizaram esse exame ficarem ansiosas ao lerem o laudo antes de mostrá-lo ao médico. Inflamação, bacilos de Doderlein, alterações reativas ou reparativas, entre outros, são palavras que geram essa preocupação e que na verdade significam exame normal.

Portanto, laudos como os abaixo são o que a mulher deve esperar, ou seja, são resultados normais:

• Inflamação

• Alterações reativas ou reparativas

• Negativo para células neoplásicas ou malignidade

• Classe I ou II

• Flora mista

• Bacilos de Doderlein

• Presença de cocos e bacilos

Se o exame vier com resultado alterado geralmente um exame adicional chamado de colposcopia deverá ser realizado para esclarecimento do diagnóstico. Converse com seu médico e esclareça suas dúvidas.